Por |janeiro 08, 2024|Categorias: Aplicações, RFID|

LF, HF, UHF – Como selecionar a faixa de frequência RFID ideal para sua aplicação

Seja em sistemas de pedágio, como etiquetas de mercadorias, em sistemas antirroubo ou para marcar e rastrear ativos em processos de produção e logística, a tecnologia RFID (identificação por radiofrequência) sem contato está em toda parte. As informações são transferidas através de ondas de rádio dentro da faixa ISM (industrial, científica e médica), o que garante uma transmissão ininterrupta de dados e evita interferências com outros sistemas de rádio. No entanto, quando as pequenas e médias empresas estão decidindo por um sistema RFID pela primeira vez, muitas vezes estão ocupadas com um tópico recorrente: como selecionar a faixa de frequência RFID mais adequada para sua aplicação?

Normalmente, os sistemas RFID passivos usamfrequência baixa (LF), alta (HF) ou ultra-alta (UHF). Com base em uma visão geral esquemática, este artigo do blog fornece um guia inicial para essas faixas de frequência e suas caraterísticas.

As faixas de frequência especificadas, possíveis intervalos de leitura e padrões referem-se especificamente aos sistemas RFID da Pepperl+Fuchs e não representam especificações universais.

LF RFID (RFID de baixa frequência)

Faixa de frequência: 125 kHz
Alcance de leitura possível: até 10 cm
Padrão: ISO/IEC 18000-2
Área de aplicação: os sistemas RFID de baixa frequência são adequados para detecção confiável de tags em distâncias curtas. Apesar da sua baixa taxa de transferência de dados em comparação com os sistemas HF ou UHF, os sistemas RFID LF tornaram-se firmemente estabelecidos em certas aplicações devido à sua baixa suscetibilidade aos materiais circundantes. Se, por exemplo, objetos com alto teor de água precisarem ser equipados com etiquetas RFID e registrados, os sistemas LF oferecem uma excelente solução. O mesmo se aplica à marcação de gado com etiquetas RFID implantadas sob a pele; aqui também, a baixa frequência é a ideal. Os sistemas LF são ideais para uso em ambientes metálicos, como identificação de peças e ferramentas.

Exemplo de dispositivo: O dispositivos de leitura/gravação RFID IPH-L2-V1 combina as vantagens da tecnologia RFID LFcom o conhecido design VariKont L2 da Pepperl+Fuchs. Isto torna o dispositivo ideal para detectar suportes de peças em máquinas CNC. Devido ao seu design compacto e capacidade de ajuste variável, este dispositivo de leitura/gravação RFID LF pode ser facilmente integrado em máquinas, mesmo onde o espaço é limitado.

IPH-L2-V1 LF RFID read/write device

RFID HF (RFID de alta frequência)

Faixa de frequência: 13,56 MHz
Alcance de leitura possível: até 30 cm
Padrão: ISO 15693
Área de aplicação: os sistemas RFID de alta frequência operam com taxas de transferência de dados médias a altas e, portanto, são ideais para transferir grandes volumes de dados em alta velocidade. Os sistemas HF são especialmente úteis para aplicações guiadas onde as tags passam pelos dispositivos de leitura/gravação em uma posição e orientação constante. Os sistemas são relativamente insensíveis à umidade e à água, mas não oferecem a mesma resistência em ambientes metálicos oferecida pelos sistemas LF.

Exemplo de dispositivo: os dispositivos de leitura/gravação RFID HF IQH3-FP-V1 e IQT3-FP-IO-V1 contam com intervalo de leitura de até 30 cm (ajustável), que é único dentro desta classe no mercado. Isto dá aos usuários máxima flexibilidade e liberdade na adaptação dos dispositivos à respectiva aplicação. Além disso, eles estão entre os poucos dispositivos de leitura/gravação RFID HF nesta classe que também suportam detecção de várias etiquetas. Até 20 etiquetas RFID HF podem ser detectadas simultaneamente em uma única operação de leitura, alcançando assim tempos de processamento rápidos e processos otimizados.

IQT3-FP-IO-V1 HF RFID read/write device

RFID UHF (RFID de frequência ultra-alta)

Faixa de frequência: 865 MHz a 928 MHz
Alcance de leitura possível: até 6 m
Padrão: EPC Ger 2 (ISO/IEC 18000-63)
Área de aplicação: devido ao seu comprimento de onda, os sistemas RFID de frequência ultra-alta são menos adequados do que as outras duas faixas de frequência para uso próximo a superfícies metálicas ou líquidas. No entanto, se longas distâncias precisarem ser superadas ou grandes volumes de dados de identificação precisarem ser enviados, o RFID UHF é especialmente adequado devido ao seu alto alcance de leitura, taxa de transferência de dados e recurso multi etiquetas. Estas capacidades são responsáveis, pelo menos em parte, por tornar a gama UHF o mercado que mais cresce no segmento RFID. A gama de aplicações em que o RFID UHF é usado é correspondentemente ampla. Isto inclui sistemas de pedágio e estacionamento, sistemas de empréstimo para bibliotecas públicas e um grande número de áreas de produção e logística . Seja para monitorar a entrada e saída de mercadorias, processos de seleção, rastreamento de cadeias de suprimentos ou implementação de sistemas de orientação de veículos no chão de fábrica – o RFID UHF é uma tecnologia potencialmente adequada.

Exemplo de dispositivo: o dispositivos de leitura/gravação RFID IUT-F191-IO-V1-FR* combina as vantagens da tecnologia UHF industrial sofisticada com uma interface padronizada para comunicação IO-Link e pode ser usada como um componente facilitador econômico para uma ampla gama de aplicações padrão em áreas como intralogística, automotiva e manuseio de materiais. Osdispositivos de leitura/gravação RFID F191 são comissionados sem programação demorada por meio dainterface IO-Link integrada e orientada para o futuro.

F191 RFID read/write device

Mais conhecimento especializado sobre RFID

Saiba mais em nosso RFID Hub. Neste site especial, coletamos perguntas frequentes, exemplos de aplicação e vídeos sobre o tema RFID em automação. Se você tiver alguma dúvida, nossos especialistas estarão sempre disponíveis.

Assine nossa newsletter e receba regularmente notícias e fatos interessantes do mundo da automação.

Inscreva-se